Compras Sustentáveis e Código de Conduta

Compras Sustentáveis

A sustentabilidade é hoje um tema recorrente no planejamento estratégico e no dia a dia das organizações. Diversas empresas privadas e instituições públicas já o consideram inclusive nas aquisições e cadeias de suprimento, por meio do conceito de Compra Sustentável, em que são adotados critérios ambientais, sociais e econômicos.

A adoção desses critérios começa com a análise detalhada dos objetos a serem adquiridos, especialmente em relação a seu potencial crítico – isto é, se sua produção envolve uso intenso de recursos naturais, se seu potencial poluidor é mais elevado ou se há relação direta com a saúde humana, por exemplo. Quanto mais significativos esses fatores, maior deve ser a preocupação em se adotar o processo de compra sustentável.

A avaliação do ciclo de vida do produto (desde a sua produção até o descarte), o custo total de posse e a legislação aplicável também devem ser considerados para a definição dos requisitos de sustentabilidade, que poderão ser incluídos nas especificações do produto, na seleção ou habilitação dos fornecedores e nos contratos.

Com essa prática, uma organização contribui para melhorar a eficiência dos contratos e, ao mesmo tempo, utiliza seu poder de compra para gerar maiores benefícios ambientais, econômicos e sociais, local e globalmente.

A Itaipu Binacional, que adotou uma política de responsabilidade socioambiental corporativa expressa em sua missão empresarial e visão de futuro, vem ocupando uma posição de vanguarda, inclusive em fóruns internacionais, nas discussões sobre sustentabilidade.

A Norma Geral de Licitação (NGL) da Itaipu prevê, em seu artigo 5º, que a empresa poderá incorporar critérios de sustentabilidade em seus processos de aquisição. A partir disso, a empresa criou o Programa Compras Sustentáveis e hoje, com base em uma matriz classificatória, todos os bens e serviços, antes de serem adquiridos, são avaliados sob os aspectos e impactos relacionados à sustentabilidade.

Se sua empresa produz de acordo com boas práticas sociais e ambientais, entre em contato com a Itaipu através do email comprassustentaveis@itaipu.gov.br.

ROTEIRO PARA COMPRAS SUSTENTÁVEIS DA ITAIPU BINACIONAL

OBJETOS COM REQUISITOS DE SUSTENTABILIDADE DEFINIDOS

 


 

Código de Conduta

A Itaipu busca observar os mais altos padrões de ética e de responsabilidades social e ambiental em suas atividades, incluindo suas aquisições e os serviços prestados por terceiros em seu nome ou sob sua responsabilidade, abrangendo toda sua cadeia de fornecimento.

Para a Itaipu, “fornecedor” é toda e qualquer pessoa, empresa, corporação ou outro tipo de entidade que venda ou queira lhe vender mercadorias ou serviços, incluindo seus empregados, agentes e quaisquer outros representantes.

O presente “Código de Conduta” foi preparado para prover um resumo claro das expectativas da Itaipu em relação à conduta de seus fornecedores em todas as etapas de contratação, assegurando que seus padrões éticos, sociais e ambientais internacionalmente reconhecidos sejam observados e respeitados por seus fornecedores.

Constitui-se em um instrumento para reconhecer que a responsabilidade social e ambiental é parte integrante das atividades da Itaipu e de seus fornecedores que, em conjunto, devem minimizar os efeitos adversos sobre a comunidade, o ambiente e os recursos naturais, salvaguardando a saúde e a segurança do público.

Assim, os fornecedores devem se familiarizar com este “Código de Conduta”, que abrange o comprometimento com o tripé da sustentabilidade, para assegurar relações formais bem sucedidas com a Itaipu.

Seu conteúdo está alinhado com os princípios do Pacto Global da ONU, que tem como base requisitos e normas internacionalmente reconhecidos, estabelecidas na Declaração Universal dos Direitos Humanos, nas Convenções da Organização Internacional do Trabalho, na Declaração do Rio sobre Desenvolvimento e Meio Ambiente e na Convenção das Nações Unidas contra Corrupção.

Também está alinhado ao Projeto GestãoTransparente.Org – Guia prático de gestão de riscos de corrupção nas organizações, que parte da premissa de que as organizações com práticas transparentes, [éticas e íntegras se tornam mias atrativas ao investimento e ao relacionamento como so seus interlocutores e com a comunidade em geral.

A Itaipu, por ser signatária tanto do Pacto Global da ONU como da GestãoTransparente.org, pretende, além do comprometimento com a sustentabilidade, sensibilizar os fornecedores em  geral para os problemas associados ao fenômeno da corrupção, assim como para as vantagens da identificação prévia dos seus riscos e da implementação de políticas e ações internas e externas de promoção da transparência e combate à corrupção.

Para acessar o documento em formato PDF, clique aqui.